Restaurant Action Alliance, Dart Container Corporation e Donos de Restaurantes de Nova Iorque Aplaudem a Decisão de Negar o Requerimento de Restabelecer a Proibição dos Térmicos

03/12/2015 08:41:06

Restaurant Action Alliance, Dart Container Corporation e Donos de Restaurantes de Nova Iorque Aplaudem a Decisão de Negar o Requerimento de Restabelecer a Proibição dos Térmicos.

(Nova Iorque, NY) – Hoje, a Divisão de Apelações da Suprema Corte do Estado de Nova Iorque negou o requerimento da Cidade de Nova Iorque para apelar da decisão anterior que retirou o banimento do uso de térmicos para produtos alimentícios na cidade. Membros da indústria de reciclagem, donos de restaurantes e outros imediatamente aplaudiram a decisão que irá abrir as portas para a reciclagem de térmicos na Cidade de Nova Iorque.

"Em setembro, a Juíza da Suprema Corte de Nova Iorque Margaret Chan derrubou a proibição de produtos térmicos na Cidade,” disse Randy Mastro, um advogado da Gibson, Dunn & Crutcher LLP. “Hoje, nós estamos agradecidos de que a corte de apelações negou o pedido da Cidade de apelar imediatamente esta decisão. Continuamos firmes em nosso compromisso de ajudar a cidade a reciclar 100% dos seus produtos térmicos e espero que o Prefeito e Comissário de Saneamento decidam implementar a proposta abrangente de reciclagem financiada pela indústria que encontra-se atualmente parada em suas mesas, o que seria uma vitória para ambos os lados.

O processo inicial, que foi apresentado pela Restaurant Action Alliance NYC, um grupo de proprietários de restaurantes de todos os cinco distritos da Cidade de Nova Iorque, Dart Container Corporation, empresas de reciclagem e fabricantes de térmicos procurou derrubar a proibição de produtos térmicos usados em pequenos restaurantes por toda a cidade. Em vez de abraçar uma proposta que teria a reciclagem de 100% dos produtos térmicos usados na cidade, a cidade escolheu proibir um pouco mais de 20% dos térmicos, enquanto envia os 80% restantes a aterros sanitários. A Suprema Corte do Estado de Nova York anulou a proibição, considerando-a "arbitrária e caprichosa" e abriu o caminho para novas oportunidades de abraçar uma proposta de reciclagem.

"A decisão da Divisão de Apelação de recusar o pedido da Cidade comprova ainda mais o que temos dito o tempo todo: produtos térmicos podem e devem ser reciclados na Cidade de Nova Iorque", disse Michael Westerfield, Diretor Corporativo de programas de reciclagem da Dart Container Corporation. "A evidência comprova isso - térmicos de poliestireno expandido são 100 % recicláveis e podem ser reciclados de forma segura, sem nenhum custo para os contribuintes. Ao permitir a reciclagem de térmicos daqui em diante, a cidade vai salvar centenas de postos de trabalho e trazer milhões de dólares em economia, ao fazer o que é melhor para o meio ambiente".

To Top